Murilo Wya Almeida, Estudante
  • Estudante

Murilo Wya Almeida

Salvador (BA)
349seguidores332seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Estudante de Direito
Carpinteiro do universo.

Verificações

Murilo Wya Almeida, Estudante
Murilo Wya Almeida

Autor (Desde Jan 2015)

Comentários

(295)
Murilo Wya Almeida, Estudante
Murilo Wya Almeida
Comentário · há 11 meses
Robert Nesta Marley foi uma voz entre as milhares de pessoas oprimidas e manipuladas por políticos inescrupulosos em países do até então "terceiro mundo". Sem dúvida alguma, a década de 70 do século passado foi sangrenta para dezenas de países latino-americanos, principalmente àqueles em que havia disputa entre os dois pólos da guerra fria. O Brasil, com toda sua barbárie vivida durante a ditadura militar, não passou nem de longe pelo que a Jamaica passou.

Ainda assim, eles tinham um profeta, um ser humano que pautou sua trajetória neste planeta pelos propósitos mais nobres que nós, juristas ou não, devemos disseminar em vida: a igualdade entre os povos e a importância do amor. Marley e os Wailers fizeram da música jamaicana, mais notadamente o reggae e o rocksteady, veículos para disseminar mensagens com forte cunho de justiça social, espiritualidade, tolerância e paz. Naturalmente, o gênero musical reggae é famoso por letras que tratam da luta das classes menos favorecidas e exploradas, indo até o relacionamento conjugal. No entanto, os Wailers foram muito além, criando uma estética musical própria, inovando em canções, poesia e instrumentais, sempre composto de músicos de ponta, tais como Aston Barret, Carlton Barret, Junior Marvin, Peter Tosh e Earl Lindo, além das I Threes, em fase posterior.

Em suma, só posso agradecer, dia após dia, por viver nesta filosofia e colher seus bons frutos. O Reggae só me tornou maior; meu caráter, meus valores, minha personalidade, o equilíbrio e a força necessária para continuar em pé em meio a esta selva de pedra, a Babilônia do século XXI. Pobres coitados que, na cegueira de preconceitos, relatos ou experiências infelizes, enchem suas bocas para denigrir a imagem desta cultura e filosofia de vida. Como eu digo sempre. MARLEY VIVE, e sábios são aqueles que encontraram neste caminho a paz que necessitam para viverem seus dias neste lugar macabro que se tornou a Terra.

Quem acha que encontrou a Verdade através dos valores contemporâneos que balizam nossa sociedade, nem sabe quantos rios terão ainda que cruzar para conhecerem o que Marley, em tão pouco tempo de vida, conheceu - e viveu. Coitados daqueles que pensam que tudo se resume a maconha e música, taxando indiscriminadamente o reggae e seus adeptos como fracassados. Quem diz coisas assim, quase sempre se encontra entorpecido pelo véu de Maya, a grande ilusão destes tempos, concebida em valores e sentimentos tão líquidos como água, buscando o "ter" antes do "ser", acreditando que a felicidade está nos objetos e na competição... rat race, diria Bob.

Enfim... poderia escrever 30 laudas sobre a importância deste ícone para a humanidade, e mais 100 laudas sobre a importância dele e dos Wailers para a minha vida. Na condição de músico, amante de bossa nova, jazz, MPB, entre outros gêneros, só posso mesmo agradecer pela Jamaica, bem como ao autor deste feliz artigo. Gratidão.

Jah Bless!

Perfis que segue

(332)
Carregando

Seguidores

(349)
Carregando

Tópicos de interesse

(89)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Murilo

Carregando

Murilo Wya Almeida

Entrar em contato